Na composição da água entram dois gases: duas partes de hidrogênio (H) e uma parte de oxigênio (O). Sua fórmula química é H2O, como podemos notar, nesta composição não fazem parte bactérias, fungos, vírus, protozoários, outras substâncias químicas que não tenham sido utilizadas para seu tratamento (por ex. o Cloro) nem qualquer outra sujidade como folhas, insetos, poeira, etc.
Além disso, a água , quando de qualidade duvidosa, pode transmitir uma série enorme de doenças.
As companhias de tratamento se responsabilizam pela qualidade até a entrada de sua casa, a partir deste ponto a responsabilidade é sua, não devemos nos esquecer que, a nossa água que utilizamos é proveniente de caixas d’água.

As caixas d’água devem ser lavadas e higienizadas pelo menos a cada seis meses, ou melhor, em até 6 meses pois, se dentro deste período houver qualquer tipo de contaminação (insetos, roedores, outros animais, objetos, etc), deve ser lavada e higienizada imediatamente, independente do tempo decorrido do último processo efetuado.
A SABESP fornece algumas dicas de como devem ser lavadas e higienizadas as caixas d’água residenciais:

1) Programe com antecedência o dia da lavagem da sua caixa d’água. Escolha de preferência um fim-de-semana em que você não tenha compromissos agendados.

2) Tenha certeza de que a escada que dá acesso à caixa está bem posicionada e que não há o risco de escorregar.

3) Feche o registro da entrada de água na casa ou amarre a bóia.

4) Armazene água da própria caixa para usar enquanto estiver fazendo a limpeza.

5) O fundo da caixa deve estar com um palmo de água.

6) Tampe a saída para poder usar este palmo de água do fundo e para que a sujeira não desça pelo ralo.

7) Utilize um pano úmido para lavar as paredes e o fundo da caixa. Se a caixa for de fibrocimento, substitua o pano úmido por uma escova de fibra vegetal ou de fio de plástico macio. Não use escova de aço, vassoura, sabão, detergente ou outros produtos químicos.

8) Retire a água da lavagem e a sujeira com uma pá de plástico, balde e panos. Seque o fundo com panos limpos e evite passá-los nas paredes.

9) Ainda com a saída da caixa fechada, deixe entrar um palmo de água e adicione dois litros de água sanitária. Deixe por duas horas e use esta solução desinfetante para molhar as paredes com a ajuda de uma brocha e um balde ou caneca de plástico.

10) Verifique a cada 30 minutos se as paredes secaram. Se isso tiver acontecido, faça quantas aplicações da mistura forem necessárias até completar duas horas.

11) Não use esta água de forma alguma por duas horas.

12) Passadas as duas horas, ainda com a bóia amarrada ou o registro fechado, abra a saída da caixa e a esvazie. Abra todas as torneiras e acione as descargas para desinfetar todas as tubulações da casa.

13) Procure usar a primeira água para lavar o quintal, banheiros e pisos.

14) Tampe bem a caixa para que não entrem insetos, sujeiras ou pequenos animais. Isso evita a transmissão de doenças. A tampa tem que ter sido lavada antes de ser colocada no lugar.

15) Anote a data da limpeza em uma etiqueta adesiva e cole na caixa. A próxima lavagem deve ser feita dentro de aproximadamente seis meses.